Resenha: Como Eu Imagino Você?


"Posso vê-lo mais do que a minha capacidade de enxergar permite. Consigo ver que ele é diferente."



Sinopse: "Não consigo definir o formato do seu rosto, muito menos se aquele borrão embaixo é uma barba rala ou não. Percebo que o cabelo é volumoso e tento desenhar na minha mente as ondas que aqueles fios formam." Uma doença rara diagnosticada na infância nunca impediu Helena de enxergar o mundo, e mesmo com todos os obstáculos, ela é uma jovem alegre, independente e muito sensível. Mas é à noite que Lena sente seu coração se encher de dúvidas e agitação ao se “encontrar” com um misterioso rapaz que surge constantemente em seus sonhos. E, apesar de não enxergá-lo com nitidez, ela sabe exatamente como ele é. Um dia, seus pais precisam fazer uma viagem e a jovem é obrigada a ficar sozinha em casa. Quer dizer... não totalmente sozinha. Sua mãe havia contratado um rapaz para cuidar do jardim. E aquilo que parecia ser uma visita indesejada pode trazer uma enorme mudança em sua vida. Para sempre...



Livro: Como Eu Imagino Você?
Autor: Pedro Guerra
Editora: Gutenberg

Nós recebemos a lista dos livros da Editora Gutenberg e foi a capa combinado a sinopse que me chamou a atenção para o livro "Como eu imagino você" de um ator bastante jovem, mas que possui uma sensibilidade muito grande na sua escrita. O livro é super fácil de ler com uma leitura bem fluída e nota-se uma atenção especial na construção dos diálogos entre os personagens, além de trazer muito bem os sentimentos e angústias das personagens.


É muito bonito ver em meio a deficiência da Helena como é a descoberta dela para esse amor, que estava em seus sonhos e ele torna-se realidade em sua vida ao conhecê-lo de fato. Ao acompanhar a história de Helena ao da leitura você é preenchido de várias mensagens positivas de como superar os seus medos, obstáculos e problemas mesmo não tendo as devidas condições ou ferramentas para fazê-lo. Outro ponto positivo é a amizade que ela nutre com Lucas (Seu melhor amigo), pois mostra como é poderoso ter um amigo verdadeiro para todos os momentos e a todo momento percebemos ao ler, que cada momento, gesto, situação e sentimento por mais simples que sejam possuem uma força imensa.

O livro nos coloca para refletir e mostrar, que somos seres humanos antes de qualquer coisa, sendo mostrado de uma forma bem clara a individualidade de cada pessoa como algo especial, onde não devemos ter vergonha de quem somos. Acompanhar essa história me fez refletir em minha própria vida em diferentes momentos seja no meu passado, meu presente e meu futuro. O livro me deixou com um gosto de quero mais, pois fica na nossa imaginação o que vem depois.

Como eu imagino você é um daqueles livros super gostosos de ler e com mensagens para todas as pessoas independente da idade, por isso não deixe ler a história de Helena.





Resenha: Como Eu Imagino Você? Resenha: Como Eu Imagino Você? Reviewed by Marcel Castro on novembro 13, 2017 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.
Follow my blog with Bloglovin